Entradas:

O OnViaje terá dois tipos de tickets:

Profissional € 90 (dará acesso a redes e conferências).

Público € 5, com a distribuição gratuita de mais de 1.000.000 de ingressos públicos planejados.

1

Acesso:

Para acessar a feira, o visitante registra o mesmo que em uma feira presencial e obtém seu credenciamento; uma vez registrado, o recinto de feiras é acessado.

2

Recintos de feiras:

O recinto da feira é formado por expositores, salas e auditório, onde especialistas do setor ministram palestras regularmente. Há também a possibilidade de reservar salas para reuniões.

3

Dentro da Feira:

O visitante seleciona o que lhes interessa e acessa o interior, onde vê os estandes das empresas em diferentes formatos e, a partir daí, pode ver os produtos oferecidos pela empresa, ver imagens, vídeos promocionais, folhetos, produtos e ofertas, sair e levar o cartão visite ... e se você estiver interessado em algum produto, poderá entrar em contato diretamente com a empresa. Existem várias opções: você pode entrar em contato por videoconferência (as pessoas da empresa que estão disponíveis aparecem e apenas selecionando uma delas fala ao vivo) para poder consultar todas as dúvidas que tiver; Você pode usar o bate-papo e também ser atendido por uma pessoa da empresa no virtual.

Traduções:

Na OnViaje, vamos além, apagando as barreiras linguísticas; Suponhamos que o visitante seja chinês e não possa falar o idioma do parceiro de negócios. Nesse caso, você tem um tradutor simultâneo, no bate-papo que escreve na sua língua materna e sua consulta é traduzida para qualquer idioma.

5

Baixar:

Da mesma forma que em uma feira tradicional, as empresas dão presentes para reter clientes (canetas, chaveiros, agendas ...) os visitantes virtuais também podem baixar ebooks, screensavers, participar de sorteios ... Um requisito essencial para baixar o O presente é que os visitantes deixam seu cartão de visita para que as empresas possam entrar em contato com todos mais tarde.

Os estandes possuem espaço para seus documentos, para que o visitante da feira possa fazer o download dos catálogos ou brochuras dos produtos nos quais está interessado.

6

Consulta:

Cada expositor pode consultar a qualquer momento os dados dos visitantes da feira que passaram pelo estande (origem, produtos que visitaram, tempo em que permaneceram ...), tornando-se uma ferramenta poderosa para investigação de mercados.

7

Resultados e Relatórios:

Sua empresa não pode participar de feiras no local em nenhuma região, mas se depois de verificar se seus produtos são de grande interesse para uma região em seu estande virtual, depois de analisar os resultados e os relatórios da Virtual Travel Fair, é possível supor as melhores informações a serem tomadas. a decisão de participar de feiras nesta região com compromissos prévios estabelecidos com as pessoas que deixaram seus dados em seu estande virtual e com a certeza de que sua participação na feira será um sucesso total.

8

Ferramentas do visitante:

O visitante tem sempre uma série de ferramentas para ajudá-lo a encontrar o que está procurando com mais detalhes: pelo nome da empresa, pelos motores de busca do Google de destino e pelo conceito de atividade.

O visitante tem uma bolsa justa onde guarda os catálogos e brochuras baixados; mais tarde ele fará o download, consultará, etc.

Os inscritos como profissionais que desejam, podem participar de redes da mesma maneira que em uma feira tradicional, os participantes podem se comunicar. Essa ferramenta permitirá que os visitantes entrem em contato com outras pessoas trocando opiniões e cartões de visita. Há também um espaço onde você pode consultar o programa da feira, as próximas conferências, atividades ... que acontecerão dentro da Virtual Travel Fair.

9

Ferramenta de marketing

Assim, a OnViaje, a Virtual Travel Fair é a ferramenta de marketing ideal para empresas do setor de turismo que desejam se posicionar nos mercados nacional e internacional.

10